Vamos falar de espumantes?

champagne_610

Olá noivinhos e noivinhas!

Dei uma super gargalhada quando dia desses abri o e-mail de Luana e Michel (e pasmem, foi o Michel quem escreveu, os noivos também me leem!) pedindo dicas e indicações para a escolha de espumante, prosecco, frisante ou champagne para o casamento!

 E sabem porque eu ri? Estou passando pela mesmíssima fase agora, a escolha do espumante perfeito em custo x benefício! Inclusive já estava até separando material para escrever o post!

Pra começar eu digo a vocês que não sou nem um pouco entendida de vinhos e espumantes, mas gosto e muito de tomar um espumantezinho, o que já conta a favor pra decidir!

Primeiro vamos às dúvidas quanto aos tipos de espumante e o que eu entendi em minhas pesquisas e em contatos que tenho mantido com alguns blogueiros e enólogos da área. O frisante (o Lambrusco é um frisante produzido na região da Itália) nada mais é que um vinho branco que recebe gás carbônico através de um processo industrial como na fabricação de refrigerantes (possui menos gás carbônico que os espumantes fermentados pelos métodos tradicionais – charmat e champenoise – mas também faz bolhinhas). Na minha humilde opinião, eu não usaria frisante. Não sei explicar bem o porquê, mas acho mais elegante um bom espumante, e dá pra encontrar a boas faixas de preços alguns que agradam bastante.

Champagne é um espumante produzido nesta região da França (e só esses espumantes podem ser chamados champagne) e pra mim é um tanto inacessível por conta do preço, mas é das opções mais phynas! Deste tipo só conheço o Moet Chandon e o Veuve Clicquot, e ambos têm preços elevadíssimos para se comprar em grande quantidade, impossível para nosso bolso!

Prosecco é um espumante produzido com uma casta de uva branca do mesmo nome, e normalmente é originário da Itália, mas já temos boas opções produzidas aqui no Brasil, e a preços justos! ($$$). Eu já provei o prosecco da Zonin (italiano, mas se acha muito fácil aqui! O distribuidor é Carballo Faro) e é bem bom, inclusive presenteei meus padrinhos com uma garrafinha e uns docinhos. Achei nos blogs em que estou pesquisando e debatendo com os colegas algumas outras opções, como o Tributo Prosecco Brut da Marco Luigi (vinícola nacional), o próprio Marco Luigi Prosecco (linha melhor da vinícola) e o Corte Viola Prosecco extra-dry.

6692_1

Pra brinde (bolo e espumante), o recomendado é espumante mais adocicado, neste caso o Terranova Moscatel (premiadíssimo e muito bom!), Garibaldi ou Aurora Moscatel são uma boa pedida (pode ir de demi-sec também). Caso tenha mini empratados, antepastos e/ou jantar no serviço de buffet , a pedida é Brut mesmo, se não fica enjoativo pra beber a noite toda! Mas se os noivos gostarem de uma bebida mais adocicada, se joguem sem medo! O Moscatel é fresco, acho gostoso, e bebe quem quer!

moscatel

 No meu caso, estou tendente a ir para os espumantes propriamente ditos mesmo, e para o tipo Brut. Fiz algumas provas com meu noivo, depois com uns padrinhos, e selecionamos alguns, mas estou com mais uns dois rótulos pra provar e decidir. Minha primeira opção de espumante seria o Casa Valduga Arte Brut (da vinícola com o mesmo nome, brasileira). Me apaixonei por este espumante, sabor maravilhoso, produzido pelo método de fermentação mais clássico, o champenoise, rotulo lindo, fino e elegante, e extremamente bem falado por todo mundo que consultei! O único problema é que o preço dele subiu de R$ 22,85 para R$ 27,09 na representante Carballo Faro… Com tantos gastos, tô desistindo de comprar um espumante deste preço. Mas ele é realmente uma arte, não?

valduga

Daí provamos outro espumante espanhol em um casamento que fomos em abril – o Torre de la Vid – e gostamos muito! Cotei com o fornecedor (Tio Sam) e sai em média a R$ 22. Este é uma das nossas opções, pois foi aprovado no teste com os padrinhos! Mas não achei nenhuma opinião dos enólogos blogueiros de plantão, ou seja, não deve ser tão tchan assim!

torre-700x700

Pensamos também em um plano B com um espumante ainda mais em conta e provamos o Terranova Brut da Miolo (nacional também!) e foi aprovado no teste. Depois disso fui a um casamento em que ele foi servido e também agradou bastante sendo servido bem gelado. O João Filipe, queridíssimo que escreve no blog Falando de vinhos  (estudioso, apaixonado e enófilo – como ele mesmo se define – e que me responde milhões de e-mails com muitas dúvidas) julga ele fraco para o evento. O Alexandre Takei, nosso conterrâneo soteropolitano que escreve no Notas Etílicas opinou ser uma opção digna para eventos e a ótimo preços (sai em média R$ 16,50, se não teve reajuste), assim como o Brut Rosé. O que interessa no final das contas é o casal de noivinhos provar e aprovar!

1323983093_1

Salton Brut também passou no gosto (nada entendido e nada especialista!) dos padrinhos e no gosto dos nossos bolsos, o que é importante! (está saindo a R$18,50 a unidade pela Talento Vinhos).

espumante_salton_brut_750ml

Agora resolvemos provar o espumante Conde de Foucauld, da vinícola nacional Aurora, que tem sido super premiada lá fora. Inclusive este espumante ganhou premiação em 2012! O preço é módico de em média R$ 16,60 a garrafa. Mas ainda não conheço o sabor pra realmente dizer se ficarei com ele (tô atrás de preço e qualidade! Ô tarefa difícil!).

espumante-brasil-Conde-de-Foucauld-BrutComo também nos foi recomendado pelo João Filipe, comprei uma garrafa do Marco Luigi Tributo brut e do Marco Luigi Tributo Prosecco Brut na Vinoteca – Adega de comer, do Alpha Mall, na Paralela (eles também têm o Marco Luigi Grande Reserva, e a adega é uma fofura!). Devo provar logo mais e passo aqui para contar o que achei. O mesmo blogueiro me indicou Um espumante da Adolfo Lona, o contato pra representação e prova é  na Mme Champagneria  com a Aline.

1 - espumante tributo brut-500x500

marco_luigi_esp_tributo_prosecco_brut

(O rótulo do prosecco está até mais elegante agora,  um pouco diferente desse aí!)

Mais duas sugestões que me deram mas que não nos agradaram tanto foram o Pol Clément e o Castell D’ordal.

castell-d-ordal-brut2 edcf97132a695d9ff731fbb4e2367a3b-g

Bem, acho que escrevi demais, segue abaixo alguns contatos de representantes:

Talento Vinhos 9323-0006/8299-1841/3379-0506 Salton
Casa Dez – Alessandro 8193-4227 Terranova, Salton, Chandon
Valter Donadel  3354-1467/ 82046180 Conde de Foucaud – Aurora
Tio Sam – Marco 9251-6161 Torre de la Vid
MMe Champagneria – Aline 3013.0282 Adolfo Lona
Enoteca Salvador – Mauro 3022 9971 Marco Luigi

 Ah, quanto à quantidade, dá uma olhada nesse simulador que já tinha postado antes.  Sai mais ou menos a mesma quantidade que todos os orçamentos de buffet que tenho aqui.

Anúncios

2 comentários sobre “Vamos falar de espumantes?

  1. Oi Gabi, descobri seu blog em uma das minhas milhões de pesquisas pela internet e desde então já li todos os seus posts e continuo lendo diariamente. Acho muito legal a forma como você aborda os assuntos e as inspirações. Achei ótimo o post de hoje sobre os espumantes e incentivo pra que continue escrevendo sempre que tenha mais informações sobre fornecedores, sobre diferença de serviços e produtos escreva. Parabéns pelo blog e pelo casamento! Continue escrevendo sempre! Um beijo, Emilie

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s